JURGEN (Foto)

Jürgen Schnellrath
Pesquisador

Nascido e criado no Rio de Janeiro, o pesquisador do Centro de Tecnologia Mineral Jürgen Schnellrath deve a fluência no idioma à educação rígida do pai alemão. O patriarca, que emigrou para o Brasil após a Segunda Guerra e aqui casou-se com uma descendente de alemães, só atendia aos chamados do filho quando abordado em alemão. “Se eu me dirigisse a ele em português, ele me ignorava, não respondia. E estudar alemão naquela época era chato…”, conta Jürgen. Hoje o alemão para ele, além de ter trazido sucesso profissional, é sinônimo de família, gratidão e tradição.

Existem milhões de motivos para aprender alemão. Qual é o seu? Conheça essa e outras histórias na campanha @Eu Falo Alemão e deixe-se inspirar. 😉